Condições gerais de venda de serviços entre profissionais na Internet

Preâmbulo

Os Termos e Condições Gerais de Venda descritos abaixo detalham os direitos e obrigações do Venue Visible e do seu cliente (o Comprador) no contexto da venda dos seus serviços. Qualquer serviço prestado pelo Venue Visible implica, por conseguinte, a aceitação sem reservas, por parte do Comprador, dos presentes Termos e Condições Gerais de Venda.

Artigo 1º - Princípios

As presentes Condições Gerais de Venda referem-se à prestação de serviços entre profissionais (Prestador / Comprador).
As presentes Condições Gerais de Venda exprimem a totalidade das obrigações das partes. Constituem a base da relação comercial entre as partes e, como tal, considera-se que o Comprador as aceita sem reservas.
As presentes Condições Gerais de Venda prevalecem sobre qualquer outro documento, incluindo as condições gerais de compra, salvo disposição em contrário num Contrato celebrado entre o Prestador de Serviços e o Comprador. Em caso de contradição entre uma cláusula das presentes Condições Gerais e uma cláusula do referido Contrato, apenas a última cláusula do referido Contrato prevalecerá para a matéria em questão, mantendo-se aplicáveis as restantes disposições das Condições Gerais. Estas aplicam-se, sem restrições ou reservas, a todos os Serviços prestados pelo Prestador de Serviços aos Compradores.
O Prestador de Serviços e o Comprador concordam que os presentes Termos e Condições regerão a sua relação e serão frequentemente acompanhados por um Contrato. O Prestador de Serviços reserva-se o direito de alterar periodicamente as presentes Condições Gerais de Venda.
As presentes Condições Gerais de Venda aplicam-se a partir da sua publicação online.
Na falta de uma condição para a prestação de serviços, considera-se que esta se rege pelas práticas em vigor no sector das vendas à distância, cujas empresas têm sede em França.
As presentes Condições Gerais de Venda serão comunicadas a qualquer Comprador que o solicite, a fim de lhe permitir efetuar uma encomenda.
O Prestador de Serviços reserva-se o direito de derrogar determinadas cláusulas das presentes Condições Gerais, em função das negociações efectuadas com o Comprador, através da elaboração de condições especiais de venda.
O Prestador de Serviços poderá igualmente elaborar condições gerais de venda para categorias específicas, derrogando as presentes Condições Gerais de Venda, em função do tipo de Comprador em questão, de acordo com critérios que permanecerão objectivos. Os compradores que satisfaçam estes critérios estarão sujeitos a estas condições gerais de venda específicas.
As presentes condições gerais de venda são aplicáveis até 31 de dezembro de 2025.

Artigo 2 - Definições

Os seguintes termos que começam com uma letra maiúscula, quer sejam utilizados no singular ou no plural nas presentes Condições Gerais de Venda, terão a seguinte definição:

Condições Gerais de Venda: refere-se às presentes Condições Gerais de Venda, aplicáveis a todos os Serviços oferecidos pela empresa Venue Visible.

Venue Visible ou o Provedor de Serviços: refere-se a Venue Visible, EURL com capital de €1.000,00 cuja sede social está localizada em: 128, RUE LA BOETIE 75008 PARIS 08 representado por Damien Delebarre, na sua qualidade de Gerente registado no RCS de Paris 981862527, número de telefone: +33646756545, endereço de e-mail: contact@venuevisible.com, Website: https: //www.venuevisible.com

Site da Internet: refere-se ao Site da Internet da empresa Venue Visible, Siret: 981862527 00018, nomeadamente o seguinte site: https: //www.venuevisible.com e todas as páginas que compõem este Site da Internet.

Utilizador: refere-se à pessoa singular ou colectiva que utiliza o Site da Internet: https: //www.venuevisible.com

Comprador: refere-se a uma pessoa singular ou colectiva que subscreve um ou mais dos Serviços pagos oferecidos pelo Fornecedor de Serviços.

Contrato: refere-se ao documento que inclui no seu título "Contrato" que foi assinado pelo Comprador e pela empresa Venue Visible (o Fornecedor de Serviços), é um contrato que complementa estes Termos e Condições Gerais.

Influenciador: significa uma terceira pessoa singular ou colectiva, independente da empresa Venue Visible, que influencia a opinião e o consumo do seu público nas redes sociais e cujo objetivo é publicitar o Comprador.

Criador de conteúdos: refere-se a uma terceira pessoa singular ou colectiva, independente da empresa Venue Visible, que cria conteúdos visuais, vídeos e/ou fotografias destinados a redes sociais e/ou outros meios de comunicação.‍

Serviços: refere-se a todos os serviços disponibilizados ao Comprador numa base de pagamento pela empresa Venue Visible.

Artigo 3.º - Conteúdo

As presentes condições gerais têm por objetivo definir os direitos e obrigações das partes no âmbito da venda online de serviços oferecidos pelo prestador de serviços ao comprador. Dizem respeito aos seguintes Serviços: "Zonas de grande afluência", "Zonas rurais", "Cadeias", "Relações públicas", "Eventos", "Artesãos", e quaisquer outros serviços que possam ser oferecidos e vendidos por Venue Visible.

Artigo 4.º - A ordem

O Comprador efectua a sua encomenda por correio eletrónico(contact@venuevisible.com) ou por telefone/WhatsApp(+33646756545), a partir do catálogo em linha no Site (as nossas ofertas). Para que a encomenda seja validada, o Comprador deve aceitar as presentes Condições Gerais através da assinatura do orçamento e/ou do Contrato. A aceitação implica o envio de um e-mail de confirmação pelo prestador de serviços, de acordo com as condições descritas abaixo.
O pagamento é efectuado por débito direto para os serviços sob a forma de assinatura.
O pagamento é efectuado por débito direto ou cartão de crédito para os serviços de pagamento único.
Todas as encomendas implicam a aceitação dos preços e das descrições dos serviços oferecidos.
Em determinados casos, em particular por falta de pagamento, endereço incorreto ou qualquer outro problema relacionado com o comprador, o Fornecedor de Serviços reserva-se o direito de bloquear a encomenda do comprador até que o problema seja resolvido.
Se o serviço não puder ser prestado, o Comprador será informado por correio eletrónico ou por WhatsApp, se este canal de comunicação for utilizado entre as duas partes.
A encomenda deste serviço será então anulada e reembolsada, se necessário, mantendo-se o resto da encomenda firme e definitiva.
A impossibilidade de realizar o serviço pode dever-se, por exemplo, ao facto de a força de trabalho do Prestador não lhe permitir aceitar novos Compradores; ou ao facto de o Comprador não cumprir, na opinião do Prestador, os critérios para que o serviço seja realizado com sucesso e para que o número prometido de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos seja atingido.
O Prestador de Serviços tem o direito de aceitar ou rejeitar qualquer pessoa como Comprador se não acreditar que será capaz de prestar o serviço corretamente.
Se o Comprador tiver quaisquer questões relacionadas com o processamento de uma encomenda, pode contactar-nos através do WhatsApp ou por telefone para +33646756545 ou por e-mail para contact@venuevisible.com.

Artigo 5.º - Assinatura eletrónica

O fornecimento dos dados bancários do Comprador ao Prestador de Serviços por correio eletrónico, WhatsApp ou qualquer outro meio, e a validação final da encomenda, constituirão prova do acordo do Comprador e serão considerados como constituindo:
- pagamento das somas devidas ao abrigo da cotação, fatura ou Contrato assinado;
- assinatura e aceitação expressa de todas as operações realizadas.
Em caso de utilização fraudulenta dos dados bancários, o Comprador é convidado a contactar o +33646756545 assim que tal for descoberto.

Artigo 6.º - Confirmação da encomenda

As informações contratuais serão confirmadas por correio eletrónico, o mais tardar aquando do início dos serviços, no endereço indicado pelo comprador quando forneceu as suas informações ao prestador de serviços.

Artigo 7.º - Prova da transação

Os registos informatizados, conservados nos sistemas informáticos do prestador de serviços em condições de segurança razoáveis, serão considerados como prova das comunicações, das encomendas e dos pagamentos efectuados entre as partes. As ordens de compra, as cotações, as facturas e os contratos são arquivados num suporte fiável e duradouro que pode ser apresentado como prova.
Os canais de comunicação habituais utilizados entre as partes também servem como prova das comunicações, das ordens e dos pagamentos efectuados.

Artigo 8.º - Informações sobre os serviços

Os serviços regidos pelas presentes condições gerais são os que figuram no sítio Web do prestador e que são indicados como sendo prestados pelo prestador ou sob o seu controlo. A sua oferta está sujeita à disponibilidade do Prestador de Serviços.
Os serviços são descritos e apresentados com a maior exatidão possível. No entanto, o Prestador de Serviços não pode ser responsabilizado por quaisquer erros ou omissões nesta apresentação.

As informações sobre os serviços apresentadas na secção "As nossas ofertas" do sítio Web ou comunicadas através de vários meios, relativamente ao que está incluído nos serviços e aos respectivos preços, são fornecidas apenas a título informativo e podem ser alteradas a qualquer momento. Além disso, é possível que um serviço seja feito à medida de um comprador, caso em que o preço pode diferir das ofertas apresentadas no sítio Web ou noutro local.

Artigo 9 - Preços

Cálculo:Salvo acordo em contrário, o preço dos serviços baseia-se no número e na experiência do pessoal necessário e no nível de competência e responsabilidade exigido; as taxas horárias são revistas periodicamente. As despesas de deslocação, de estadia e de alojamento incorridas na execução dos serviços serão igualmente facturadas, se for caso disso, se estas despesas forem efectuadas na sequência de um pedido específico do comprador. O IVA à taxa atual será adicionado, se aplicável, aos honorários e desembolsos. Os atrasos ou outros problemas imprevistos fora do controlo do prestador de serviços podem resultar em taxas adicionais que podem ser facturadas separadamente. O prestador de serviços compromete-se a informar o comprador de tais atrasos e/ou problemas logo que estes ocorram, para que as consequências possam ser avaliadas com o comprador. Serão emitidas facturas correspondentes aos serviços prestados e às despesas incorridas pela prestação e à medida que forem realizadas. Salvo acordo em contrário, as facturas são emitidas mensalmente. O pagamento das facturas é devido: após a receção.

‍Penas de atraso depagamento: De acordo com a lei, qualquer atraso no pagamento obriga o Prestador de Serviços a faturar multas por atraso de pagamento. A taxa das penalidades por atraso de pagamento é estabelecida com base na taxa de 3% ao ano; além disso, o devedor em atraso será obrigado a pagar ao Prestador de Serviços uma indemnização fixa pelos custos de cobrança de 40 Euros; além disso, o Prestador de Serviços terá o direito de suspender a execução dos serviços até à liquidação total da fatura não paga, sem que este incumprimento seja considerado imputável a ele.

‍Depósitoou adiant amento: Todas as encomendas, tal como definidas acima, dão origem ao pagamento de um depósito ou de um adiantamento calculado de acordo com os seguintes termos e condições: A primeira prestação mensal é devida pelo Comprador aquando da assinatura do Contrato para serviços sob a forma de assinatura, mesmo que o serviço tenha início numa data posterior. No caso de um serviço de pagamento único, o montante total devido é pago antecipadamente pelo comprador ao prestador de serviços aquando da assinatura do contrato. Exceto em caso de força maior, qualquer anulação da encomenda pelo comprador após a data da encomenda não dará lugar ao reembolso do depósito provisório ou do adiantamento. Uma vez que, após a assinatura do Contrato, começamos a trabalhar no seu serviço através da sua colocação em funcionamento, ao aceitar as presentes Condições Gerais de Venda, aceita renunciar ao seu direito de rescisão, caso tenha direito a ele.

Os preços dos Serviços são indicados no Sítio Web e noutros locais em Euros, sem impostos. O IVA à taxa atual é adicionado, se aplicável.
Mediante pedido, o Fornecedor de Serviços concorda em fornecer aos Compradores um preço numa das seguintes moedas: GBP, USD e AED. A tarifa a fornecer basear-se-á no preço em euros do Serviço, à taxa de câmbio em vigor com a outra moeda (no dia do pedido do Comprador), conforme cotado pelo banco do Prestador. (Exemplo: A tarifa seria o montante em USD solicitado pelo banco do Prestador para atingir o equivalente em Euros do preço do Serviço, de acordo com a taxa de câmbio aplicada pelo banco do Prestador, no dia do pedido do Comprador para esta tarifa na moeda em questão).

Artigo 10º - Condições e prazos de pagamento

Pagamento
O pagamento da encomenda é efectuado por débito direto na conta bancária do comprador para todos os serviços de assinatura.
O comprador tem outra opção para os serviços de pagamento único, onde também é possível pagar com cartão bancário.
Para os débitos directos, o comprador deve indicar os seus dados bancários preenchendo e assinando um formulário de mandato que autoriza o prestador de serviços (credor) a emitir ordens de débito direto SEPA e o seu banco ou processador de pagamentos a debitar a conta do comprador pelo montante desses débitos directos SEPA na data de vencimento. Para confirmar esta inscrição, os dados bancários do comprador serão solicitados como anexo à nota de encomenda ou orçamento assinado ou através do formulário no processador de pagamentos do prestador de serviços. O Prestador de Serviços reserva-se o direito de suspender todo o processamento de encomendas e entregas em caso de recusa de autorização de pagamento por parte de organizações oficialmente acreditadas ou em caso de não pagamento.
O Prestador de Serviços reserva-se o direito de recusar efetuar uma entrega ou de honrar uma encomenda de um Comprador que não tenha pago total ou parcialmente uma encomenda anterior ou com o qual esteja em curso um litígio de pagamento. O Prestador de Serviços utiliza o processador de pagamentos Stripe para debitar o Comprador, pelo que é esta organização que utilizará os seus procedimentos para efetuar os pagamentos.

Pagamento antecipado
‍O
preço é pago na totalidade e de uma só vez, após a receção do orçamento ou da fatura assinada ou do Contrato assinado no caso de um serviço de pagamento único. E o serviço não terá início até que os fundos tenham sido recebidos pelo Prestador de Serviços.
Este período será mencionado na fatura enviada ao Comprador.

O preço é pagável todos os meses após a receção do orçamento assinado ou da fatura assinada ou do Contrato no caso de um serviço sob a forma de uma subscrição mensal. O serviço só terá início após a receção dos fundos pelo Prestador de Serviços. Cada pagamento mensal é devido antecipadamente pelo Comprador. Por conseguinte, se o Prestador de Serviços não receber o pagamento relativo ao mês seguinte, reserva-se o direito de suspender o serviço até que o pagamento seja recebido a partir do dia "1" do mês em questão.
Para evitar a suspensão da subscrição, o Comprador é vivamente aconselhado a marcar uma data de pagamento pelo menos 7 dias antes do início do mês seguinte. (Para o efeito, o prestador de serviços enviará ao comprador, via Stripe, um procedimento de pagamento com uma data de 7 dias de antecedência em relação à data acordada para o início do serviço. Desta forma, todos os meses, 7 dias antes do ciclo mensal a partir da data de início do serviço, o Comprador terá de pagar a sua prestação mensal automaticamente até ao fim do seu Contrato e ao pagamento de todas as suas prestações mensais.
Este período será mencionado na fatura enviada ao Comprador.

O Comprador garante ter sempre os fundos necessários na sua conta bancária ou no cartão bancário que forneceu para o débito das prestações mensais ou do pagamento único na data acordada com o Prestador de Serviços. No caso de o débito direto ou o pagamento não funcionar, e o comprador for responsável por isso, o comprador será responsável perante o prestador de serviços por quaisquer custos incorridos em consequência da falha do débito direto ou do pagamento. Neste caso, o comprador deverá reembolsar o prestador de serviços no prazo de 7 dias. O Prestador de Serviços deverá apresentar um comprovativo dos encargos do seu processador de pagamentos ou banco. Além disso, se o débito direto ou o pagamento não puder ser efectuado, o serviço será suspenso até que o problema seja resolvido e o pagamento seja recebido conforme acordado.
No caso de o Comprador contestar um débito direto ou um pagamento junto do seu banco, quando existir um Contrato em curso entre o Comprador e o Prestador de Serviços, e esse débito direto ou pagamento tiver sido efectuado conforme acordado entre as partes, então o Comprador deverá ao Prestador de Serviços esse dinheiro e os custos gerados por esse litígio o mais rapidamente possível. Se o Prestador não receber o pagamento no prazo de alguns dias, reserva-se o direito de intentar uma ação judicial contra o Comprador. Neste caso, o comprador é igualmente responsável perante o prestador de serviços por quaisquer despesas legais incorridas pelo prestador de serviços.

Atrasosde pagamento
Qualquer atraso de pagamento resultará no pagamento imediato de todas as quantias devidas ao Prestador de Serviços pelo Comprador.
O Prestador de Serviços reserva-se o direito de tomar medidas legais contra o Comprador.
As penalizações por atraso de pagamento estão especificadas no Artigo 9.

Artigo 11º - Períodos de intervenção e método de cálculo do reembolso parcial

Salvo em caso de força maior ou durante períodos de encerramento claramente anunciados na página inicial do Website ou especificados diretamente por escrito ao Comprador através de um dos canais habituais de comunicação entre as duas partes, os tempos de intervenção serão, dentro dos limites da disponibilidade do Prestador de Serviços e da viabilidade do serviço, os indicados abaixo. Os prazos de execução são contados a partir da data de receção pelo Prestador de Serviços do primeiro pagamento da encomenda.
Para as prestações efectuadas na França continental e em todos os outros países do mundo, o prazo de execução é de até 547 dias úteis a partir da data de receção pelo Prestador de Serviços do primeiro pagamento da encomenda. Este prazo explica-se da seguinte forma: se o Prestador de Serviços não conseguir enviar o número de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos prometido ao Comprador no prazo da subscrição, o Prestador de Serviços beneficia de um prazo suplementar correspondente a 50% do prazo da subscrição do Comprador em questão. Exemplo: Uma subscrição de um ano, 6 meses adicionais serão concedidos ao Prestador de Serviços para enviar os Influenciadores ou Criadores de Conteúdos prometidos ao Comprador, para além deste período, o reembolso parcial da diferença terá lugar numa base proporcional do preço por Influenciador ou Criador de Conteúdos. Exemplo: Esta subscrição prometeu 48 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos durante o período, mas apenas 36 trabalharam com o Comprador. O preço total da subscrição é de 3 480 euros sem IVA para 48 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos, ou seja, 72,5 euros sem IVA por Influenciador ou Criador de Conteúdos. 48-36 = 12, pelo que faltam 12 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos. Nesta situação, o prestador de serviços reembolsaria ao comprador 72,5x12 = 870 euros (sem IVA).
No caso de uma subscrição de 6 meses, o prestador de serviços beneficiará, por conseguinte, de 3 meses de tempo adicional.

Para serviços em que o compromisso é para um evento efémero, o Prestador de Serviços não pode beneficiar de tempo adicional, pelo que o rateio do preço do serviço em relação ao número de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos prometidos e os que efetivamente vieram é feito no prazo de 7 dias após o final do evento. Exemplo: 1490 euros sem IVA, para 15 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos prometidos, apenas 12 compareceram efetivamente. 1490 dividido por 15 = 99,33333333333333; 99,33333333333333 x 3 = 298 euros sem IVA, que seria o montante do reembolso.
Em caso de atraso, o Prestador de Serviços não pode ser responsabilizado por qualquer motivo. Consequentemente, o Comprador não poderá reclamar qualquer tipo de indemnização.
Se o Prestador de Serviços não estiver disponível para efetuar o serviço, o Comprador será informado o mais rapidamente possível e terá a opção de cancelar a encomenda. Neste caso, o Prestador de Serviços oferecerá um reembolso ou um reembolso parcial ao Comprador, que terá então a oportunidade de confirmar, no prazo de 30 dias após a oferta de reembolso do Prestador de Serviços, que está a solicitar o reembolso das somas pagas. Este pedido será efectuado através dos canais de comunicação habituais entre as duas partes. (O Prestador solicitará a confirmação do IBAN para o qual o reembolso deve ser efectuado).
Se o Prestador já tiver cumprido parte do serviço acordado com o Comprador antes deste reembolso, então o equivalente ao serviço cumprido será deduzido do reembolso. Este será calculado da seguinte forma, por exemplo: O serviço em questão é uma subscrição de 6 meses, paga mensalmente, em que o Comprador deve receber um mínimo de 4 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos por mês no seu estabelecimento. Este é o 4º mês do serviço, e o mês atual já foi pago. 4 meses equivalem a um mínimo de 16 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos recebidos ao abrigo desta subscrição. Neste caso, o comprador recebeu até agora 13 e o prestador de serviços informou-o de que não está disponível para completar o resto da missão. A taxa de subscrição mensal é de 390 euros sem impostos. Dividimos esta mensalidade por 4 para obter o preço de referência por Influenciador ou Criador de Conteúdos. Ou seja, 97,5 euros sem IVA por Influenciador ou Criador de Conteúdos. Os 3 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos em falta no 4º mês representam o montante de 292,5 euros (sem IVA), que será, portanto, oferecido como reembolso ao Comprador. A subscrição e o Contrato terminam no final do 4º mês. Por conseguinte, não haverá pagamentos para o 5º e 6º meses.

Se a subscrição for interrompida devido a falta de pagamento por parte do Comprador, o período desta interrupção é adicionado aos tempos de intervenção acima referidos.

Quando o estabelecimento ou os serviços do Comprador estiverem encerrados, seja por um período curto ou longo, o Contrato com o Fornecedor de Serviços não é interrompido.
Os fins-de-semana do Comprador (2 dias por semana) serão especificados no Contrato.
Qualquer encerramento por parte do Comprador fora dos fins-de-semana será contabilizado, e cada vez que a soma dos dias encerrados fora dos fins-de-semana atingir 5 dias, o Fornecedor de Serviços deverá ao Comprador menos 1 Influenciador ou Criador de Conteúdos.

No caso de o Comprador cancelar uma reserva de Influenciador ou Criador de Conteúdos, a reserva continuará a ser contabilizada para a quota de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos atribuída ao Comprador.

No caso de o Comprador ser negligente, mal organizado ou cometer qualquer outra falha comprovada relativamente à organização de uma colaboração com um Influenciador ou Criador de Conteúdos e que, consequentemente, o Influenciador ou Criador de Conteúdos cancele a colaboração, esta colaboração será contabilizada para a quota de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos atribuída ao Comprador.

Artigo 12º - Procedimentos de execução

O trabalho não terá início até que o pagamento tenha sido confirmado pelo banco do Prestador de Serviços.
O serviço será prestado dentro do período especificado na nota de encomenda ou cotação assinada ou fatura ou Contrato, a partir da data de receção pelo Prestador de Serviços da nota de encomenda assinada ou cotação assinada ou Contrato assinado e fatura paga.
No caso de não cumprimento das condições de pagamento acima definidas, o Prestador de Serviços poderá suspender ou cancelar o serviço. O serviço é prestado no endereço indicado pelo Comprador na nota de encomenda, orçamento, fatura ou Contrato. O Comprador deve assegurar-se de que esta informação é exacta. O comprador será facturado por quaisquer deslocações desperdiçadas pelo prestador de serviços ou por terceiros que trabalhem com o prestador de serviços devido a um endereço incorreto ou incompleto.
O Comprador deve facultar o acesso ao Prestador de Serviços e a terceiros que trabalhem com o Prestador de Serviços, em particular se o Comprador não estiver pessoalmente presente no(s) dia(s) em que o serviço é prestado.
O termo "acesso" significa, por conseguinte, a oferta gratuita dos serviços do Comprador aos Influenciadores ou Criadores de Conteúdos e ao(s) seu(s) acompanhante(s) e o seu acolhimento da melhor forma possível, de modo a que estejam nas melhores condições possíveis para promover o estabelecimento e/ou os serviços do Comprador.
No caso de o Prestador de Serviços se oferecer para receber um Influenciador ou Criador de Conteúdos, ou vários Influenciadores ou Criadores de Conteúdos, numa data específica ou durante um período de vários dias, com pelo menos uma semana de antecedência, e o Comprador recusar esta oferta. O número de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos recusados neste caso será deduzido da quota de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos devida pelo Fornecedor de Serviços ao Comprador. A menos que tenha sido expressamente acordado num Contrato que, em determinadas datas, o Comprador sabe que terá um elevado número de clientes, estas datas devem ser mencionadas num Contrato e não serão afectadas pela dedução da quota de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos no caso de serem recusadas.

Recordamos que, para o tipo de subscrição "Zonas de grande tráfego", por exemplo, é indicado um mínimo de 4 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos por mês, o que significa que, apesar de o Prestador de Serviços deduzir um ou mais Influenciadores ou Criadores de Conteúdos da quota do Comprador, o Prestador de Serviços fará sempre o possível para enviar ao Comprador o maior número possível de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos. Esta contagem só terá impacto em caso de reembolso parcial se o Prestador de Serviços não atingir o número mínimo de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos prometido ao Comprador durante toda a duração da subscrição.

Se o Comprador desejar especificamente trabalhar com um determinado Influenciador ou Criador de Conteúdos, e esse Influenciador ou Criador de Conteúdos não desejar trabalhar com o Comprador apenas em troca do serviço gratuito oferecido pelo Comprador. Neste caso, o Comprador deve concordar em não trabalhar com este Influenciador ou Criador de Conteúdos em particular, ou pagar o preço estabelecido pelo Influenciador ou Criador de Conteúdos. Se o Comprador pretender que o Prestador de Serviços supervisione uma colaboração comercial paga entre um Influenciador ou Criador de Conteúdos e o Comprador, o Comprador pagará ao Prestador de Serviços 20% da remuneração do Influenciador ou Criador de Conteúdos. Note-se que o Influenciador ou Criador de Conteúdos pode simplesmente recusar categoricamente qualquer possível colaboração com o Comprador, caso em que esta recusa deve ser aceite.

Os Influenciadores ou Criadores de Conteúdos terão de publicar numa ou mais das seguintes redes sociais e meios de comunicação social: Instagram, Snapchat, TikTok, LinkedIn, YouTube, Pinterest, Threads, X, bem como através de um website ou blogue.

O Comprador autoriza o Prestador de Serviços a fornecer as informações necessárias relativas ao Comprador aos Influenciadores e Criadores de Conteúdo, a fim de organizar as suas visitas e gerir a colaboração com eles.

O Comprador autoriza o Prestador de Serviços a comunicar na Página de Catálogo e noutros locais, o seu nome, bem como os links que redireccionam para as redes sociais e o site do Comprador, a fim de promover o Comprador junto dos Influenciadores e Criadores de Conteúdo. O Comprador fornecerá ao Prestador de Serviços determinadas imagens e concederá ao Prestador de Serviços o direito de utilizar estas imagens destacando os serviços do Comprador, que serão utilizadas através de vários canais de comunicação (Website, redes sociais do Prestador de Serviços, canais de comunicação com Influenciadores e Criadores de Conteúdos, etc.).

Um único Influenciador ou Criador de Conteúdos pode colaborar com o Comprador várias vezes. Cada colaboração com o mesmo Influenciador ou Criador de Conteúdos será contabilizada para a quota de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos prometida ao Comprador. Exemplo: Se o mesmo Influenciador ou Criador de Conteúdos colaborar com o Comprador três vezes durante o período de subscrição do Comprador, então três Influenciadores ou Criadores de Conteúdos serão contabilizados para a quota atribuída ao Comprador.

Artigo 13º - Obrigações do prestador de serviços

Os compromissos assumidos pelo Prestador de Serviços constituem uma obrigação de meios, segundo a qual as prestações serão efectuadas em estrita conformidade com as regras profissionais em vigor e, se for caso disso, em conformidade com os termos do Contrato. Para o efeito, o Prestador de Serviços afectará o(s) profissional(ais) com as competências necessárias à execução dos serviços de acordo com as suas normas de qualidade.

Artigo 14º - Obrigações do comprador

A fim de facilitar a correcta execução dos serviços, o Comprador compromete-se a :
- fornecer ao Prestador de Serviços informações e documentos completos e exactos dentro dos prazos necessários, sem que o Prestador de Serviços seja obrigado a verificar a sua integridade ou exatidão;
- tomar decisões dentro dos prazos necessários e obter as aprovações hierárquicas necessárias;
- designar um correspondente com poderes de decisão;
- assegurar que os contactos-chave e o correspondente estejam disponíveis durante toda a execução dos serviços;
- informar diretamente o prestador de serviços de quaisquer dificuldades que possam surgir no âmbito da execução dos serviços;
- proteger-se legalmente, elaborando um contrato entre ele (o Comprador) e cada Influenciador ou Criador de Conteúdo que recebe do Prestador de Serviços, uma vez que o Prestador de Serviços apenas oferece um serviço de matchmaking, e os Influenciadores ou Criadores de Conteúdo são independentes e responsáveis pelas suas próprias acções;
- proteger-se subscrevendo um seguro para cobrir quaisquer danos que possam ocorrer durante a visita do Influenciador ou Criador de Conteúdos e dos seus acompanhantes;
- prestar os seus serviços gratuitamente aos Influenciadores e Criadores de Conteúdos e aos seus acompanhantes que venham em nome do Prestador de Serviços para promover o seu estabelecimento/serviço. (um limite de gratuidade para cada Influenciador ou Criador de Conteúdo pode ser especificamente estabelecido por acordo mútuo entre o Comprador e o Prestador de Serviços, dependendo do tamanho da audiência do Influenciador ou da qualidade dos visuais produzidos pelo Criador de Conteúdo);
- fornecer ao Influenciador ou Criador de Conteúdo o valor do serviço que lhes ofereceu para que este último possa declarar este valor às autoridades fiscais a que está sujeito;
- receber produtos em nome do Prestador de Serviços, a fim de os dar aos Influenciadores ou Criadores de Conteúdos à sua chegada como um kit de boas-vindas;
- ser responsável pelos produtos que recebe em nome do Prestador de Serviços, não devendo perdê-los uma vez recebidos, caso contrário o Comprador pode ser solicitado a reembolsar o Prestador de Serviços pelo valor equivalente dos produtos.

Artigo 15º - Informação e publicidade

O Comprador reconhece e aceita: que, salvo pedido expresso em contrário da outra parte, as partes podem corresponder-se ou transferir documentos por correio eletrónico que circula na Internet e por WhatsApp;
que nenhuma das partes tem qualquer controlo sobre a capacidade, fiabilidade, acesso ou segurança de tal correio eletrónico; que o Prestador de Serviços não será responsabilizado por qualquer perda, dano, custos ou prejuízo causado pela perda, atraso, interceção, apropriação indevida ou alteração de qualquer correio eletrónico causado por qualquer evento. De um modo geral, as partes comprometem-se a respeitar a regulamentação aplicável à proteção dos dados pessoais e, em particular, as disposições da Lei 78-17 de 6 de janeiro de 1978 relativa à informática, aos ficheiros e às liberdades cívicas.

Em caso algum o Comprador terá o direito de utilizar a imagem de um Influenciador ou Criador de Conteúdos no seu sítio Web ou em publicidade paga (independentemente do suporte), a menos que tenha sido claramente indicado por escrito que o Influenciador ou Criador de Conteúdos o autoriza a fazê-lo. Se o Comprador não tiver recebido qualquer informação, tal significa que não o pode fazer.

O Comprador apenas tem o direito de republicar o conteúdo de Influenciadores ou Criadores de Conteúdo nas suas próprias redes sociais de forma orgânica sem impulsionar o conteúdo criado e colocado online pelo Influenciador ou Criador de Conteúdo através de publicidade. Esta republicação deve ser feita na mesma rede social onde o conteúdo do Influenciador ou Criador de Conteúdo foi publicado, utilizando as ferramentas implementadas pela rede social para partilhar, "repostar" ou publicar o conteúdo simultaneamente na mesma publicação disponível nas respectivas contas do Influenciador ou Criador de Conteúdo e do Comprador. Esta autorização não tem limites geográficos e é, portanto, válida para todo o mundo, por um período semelhante ao período de proteção legal do conteúdo em questão, de acordo com a lei aplicável.
O Comprador não pode, portanto, publicar uma publicação que inclua a imagem do Influenciador ou do Criador de Conteúdos, a menos que seja de uma das seguintes formas, através das ferramentas implementadas pela rede social destinada a partilhar, "repostar" ou publicar o conteúdo simultaneamente na mesma publicação disponível nas respectivas contas do Influenciador ou Criador de Conteúdos e do Comprador.

Uma vez estabelecida a colaboração comercial com um Influenciador ou Criador de Conteúdos graças ao Prestador de Serviços para o Comprador. Neste caso, o Comprador nunca poderá trabalhar com o mesmo Influenciador ou Criador de Conteúdos sem passar pelo Prestador de Serviços através de uma das suas ofertas ou pagar ao Prestador de Serviços a quantia de 72,50 euros (sem IVA) por colaboração comercial neste caso. A possibilidade de voltar a trabalhar com um Influenciador ou Criador de Conteúdos dependerá da vontade deste último, não existindo qualquer obrigação de aceitação.

Artigo 16º - Propriedade intelectual

Os serviços do Prestador de Serviços implicam a utilização de bens, modelos, desenhos, fotografias, vídeos, etc., que estão sujeitos a direitos de propriedade intelectual pertencentes a terceiros. O Prestador de Serviços informa o Comprador da existência de tais direitos e das consequências da sua utilização, que podem conduzir a sanções severas. É da exclusiva responsabilidade do comprador tomar todas as medidas que permitam a utilização de tais direitos, nomeadamente negociando, em seu nome, os direitos de utilização em condições que permitam ao prestador de serviços tirar partido dos mesmos para efeitos dos serviços.
Em nenhuma circunstância o Comprador terá o direito de utilizar a imagem de um Influenciador ou Criador de Conteúdos no seu sítio Web ou para publicidade paga (independentemente do meio), a menos que tenha sido claramente indicado por escrito que o Influenciador ou Criador de Conteúdos o autoriza a fazê-lo. Se o Comprador não tiver recebido qualquer informação, isso significa que não o pode fazer.
A produção de fotografias, vídeos e outros conteúdos produzidos pelos Influenciadores ou Criadores de Conteúdos em nome do Comprador não implica qualquer transferência de direitos ou garantia, qualquer que seja o título, em benefício do Comprador ou de terceiros.
O Prestador de Serviços pode utilizar ou desenvolver software, incluindo folhas de cálculo, documentos, bases de dados e outras ferramentas de TI, para os seus próprios fins.
Em certos casos, estas ajudas podem ser disponibilizadas ao Comprador mediante pedido. Na medida em que estas ferramentas tenham sido desenvolvidas especificamente para as necessidades do prestador de serviços e sem ter em conta as necessidades próprias do comprador, são colocadas à disposição do comprador durante a vigência do contrato, tal como estão e sem qualquer garantia associada, com o único objetivo de utilização; não devem ser distribuídas, partilhadas ou comunicadas a terceiros, no todo ou em parte. Esta disponibilização temporária não implica qualquer transferência de direitos ou garantia, seja a que título for, em benefício do Comprador ou de terceiros.
O Prestador de Serviços reserva-se todos os direitos, títulos e interesses sobre:
- os elementos originais que figuram nos trabalhos, documentos, memorandos, consultas, pareceres, conclusões ou outros actos processuais, etc., produzidos no âmbito dos serviços, incluindo os documentos, memorandos, consultas, pareceres, conclusões ou outros actos processuais, etc., produzidos no âmbito dos serviços, incluindo os documentos, memorandos, consultas, pareceres, conclusões ou outros actos processuais, etc.
todos os métodos, processos, técnicas, desenvolvimentos e know-how, incorporados ou não nos serviços ou que o prestador de serviços possa desenvolver ou fornecer no contexto dos serviços.
O comprador pode, sem limitação geográfica, gratuita e irrevogavelmente, utilizar internamente e durante o período de proteção dos direitos de autor, os elementos concebidos pelo prestador de serviços e incorporados no seu trabalho. O comprador não pode distribuir, comercializar ou, de uma forma mais geral, disponibilizar ou licenciar a utilização destas mesmas obras ou, de uma forma mais geral, licenciar a utilização destes mesmos elementos a terceiros sem o consentimento do prestador de serviços. Nenhuma das partes pode mencionar ou utilizar o nome, denominação, marcas registadas e logótipos ou outras designações, comerciais ou não, da outra parte sem o consentimento prévio por escrito desta última. Não obstante o acima exposto, o Prestador de Serviços pode utilizar o nome, denominação comercial, marcas registadas e logótipos do Comprador durante a vigência do Contrato, na medida do estritamente necessário para a execução dos serviços, incluindo em propostas de serviços subsequentes. Além disso, o Comprador autoriza o Prestador de Serviços, durante e após a execução dos serviços, a citar o seu nome e a utilizar o seu logótipo para fins de referência e a acompanhar esta citação, quando aplicável, com uma descrição genérica dos serviços executados e dos resultados obtidos.

Artigo 17º - Documentos

O Prestador de Serviços conservará os documentos originais que lhe forem fornecidos e devolvê-los-á ao Comprador a pedido deste último.
Todos os documentos, dados ou informações fornecidos pelo Comprador permanecerão propriedade deste.
O Prestador de Serviços conservará uma cópia apenas dos documentos necessários para compilar os seus ficheiros de trabalho.
Os documentos de trabalho preparados como parte dos serviços são propriedade nossa e estão cobertos pelo segredo profissional.

Artigo 18º - Independência

No caso de surgir um problema de independência durante a execução dos serviços, o Prestador de Serviços informará imediatamente o Comprador e procurará com o Comprador a solução mais adequada à situação, em conformidade com as regras aplicáveis. Em particular, se uma alteração na regulamentação ou nas normas profissionais impedir o Prestador de Serviços de continuar a prestar os seus serviços, o Prestador de Serviços colocará os resultados dos serviços à disposição do Comprador e rateará o número de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos em falta prometido ao Comprador, de modo a efetuar um reembolso parcial pela tarefa que não pôde ser concluída.

Artigo 19º - Responsabilidade do prestador de serviços

Toda a responsabilidade do Prestador de Serviços e dos seus funcionários em relação a qualquer violação, negligência ou má conduta na execução dos serviços será limitada ao valor das taxas, excluindo impostos, pagas pelo Comprador em relação aos serviços em questão, a fim de cobrir reclamações de qualquer tipo (incluindo juros e custos), e isso, independentemente do número de ações, motivos invocados ou partes nas disputas.

Deve-se ter em mente que o Provedor é apenas um serviço de matchmaking entre o Comprador e os Influenciadores ou Criadores de Conteúdo. Os Influenciadores ou Criadores de Conteúdo não são empregados pelo Provedor de Serviços, eles são pessoas físicas ou jurídicas independentes de terceiros.
O Provedor de Serviços se posiciona como um terceiro na relação entre o Comprador e o Influenciador ou Criador de Conteúdo e, consequentemente, o Provedor de Serviços se isenta de qualquer responsabilidade a esse respeito.
O Prestador de Serviços não será, em caso algum, responsável por quaisquer danos directos ou indirectos sofridos pelo Comprador, de qualquer natureza, resultantes de interacções com o Influenciador ou Criador de Conteúdos e o(s) seu(s) acompanhante(s).
Se o Comprador causar a morte ou lesões corporais ao Influenciador ou Criador de Conteúdos, ou/e vice-versa, o Prestador de Serviços não será, em caso algum, responsável.

O Comprador, se pretender proteger-se juridicamente em caso de danos directos ou indirectos causados pelo Influenciador ou pelo Criador de Conteúdos e pelo(s) seu(s) acompanhante(s), deverá prever um contrato a assinar pelo Influenciador ou pelo Criador de Conteúdos, sendo o Comprador também o único responsável pela verificação da identidade do Influenciador ou do Criador de Conteúdos que inclui no contrato entre eles. Este contrato não dirá respeito, de forma alguma, ao Prestador de Serviços, que é um terceiro na relação entre o Comprador e o Influenciador ou Criador de Conteúdos.
O Prestador de Serviços não tem qualquer possibilidade de verificar a identidade dos Influenciadores ou Criadores de Conteúdos, uma vez que não tem o direito de lhes pedir identificação, por exemplo. O Provedor de Serviços não poderá, portanto, fornecer a identidade dos Influenciadores ou Criadores de Conteúdo se solicitado pelo Comprador ou por qualquer outra pessoa.

A responsabilidade do Provedor de Serviços não pode ser invocada para qualquer disputa, incluindo atrasos, não comparecimentos ou cancelamentos de compromissos entre o Comprador e os Influenciadores ou Criadores de Conteúdo.
O Prestador de Serviços não é responsável pelo conteúdo das publicações nas redes sociais efectuadas pelos Influenciadores ou Criadores de Conteúdos durante ou após a sua colaboração com o Comprador.
O Prestador de Serviços não é responsável pela imagem transmitida por um Influenciador ou Criador de Conteúdos. Por conseguinte, se um Influenciador ou Criador de Conteúdos criar uma má reputação para o Comprador, o Prestador de Serviços não pode ser responsabilizado. (Exemplos: receção de mensagens negativas, comentários negativos, críticas negativas, reservas canceladas, etc.).

Cabe ao Influenciador ou ao Criador de Conteúdos cumprir a lei sobre influência e, por conseguinte, indicar "Colaboração Comercial" ou "Publicidade" quando exigido por lei. O Prestador de Serviços não o pode fazer, uma vez que não tem acesso às suas redes sociais. O prestador de serviços dá-lhes instruções para escreverem uma destas menções obrigatórias nas suas publicações, recordando-lhes que o devem fazer através de uma mensagem escrita ou através de um contrato. O Prestador de Serviços declina, por conseguinte, qualquer responsabilidade em caso de falta de uma destas menções obrigatórias, tendo feito tudo o que estava ao seu alcance para garantir que tal fosse indicado.
É também da responsabilidade do Influenciador ou do Criador de Conteúdos garantir que detém os direitos de propriedade intelectual e os direitos de imagem necessários para o que inclui no seu conteúdo. Por conseguinte, o Prestador de Serviços declina qualquer responsabilidade se os direitos de propriedade intelectual ou os direitos de imagem de uma pessoa singular ou colectiva não forem respeitados, tendo feito o seu melhor para assegurar que o Influenciador ou Criador de Conteúdos respeite os direitos de propriedade intelectual e os direitos de imagem de terceiros.

A responsabilidade do Prestador só pode ser incorrida em caso de culpa ou negligência comprovada e está limitada a danos directos, excluindo quaisquer danos indirectos de qualquer natureza.
Para além disso, o Prestador de Serviços não poderá ser responsabilizado nos seguintes casos:
- em consequência de uma falha ou deficiência de um produto ou serviço pelo qual nem o Prestador de Serviços nem qualquer dos seus subcontratantes sejam responsáveis pelo fornecimento ou entrega;
- por factos e/ou dados que não se enquadrem no âmbito dos serviços, e/ou que não sejam uma extensão dos mesmos;
- se os resultados dos serviços forem utilizados para um fim ou num contexto diferente daquele para que foram fornecidos, se as recomendações forem implementadas incorretamente ou se as reservas do Prestador de Serviços não forem tidas em conta.
Nem o prestador de serviços nem as suas seguradoras serão responsáveis por danos consequentes, perda de lucros, perda de oportunidades, perda de lucros antecipados, perda de dados ou informações, perda de boa vontade, ou pelas consequências financeiras de quaisquer acções intentadas por terceiros contra o comprador.

Artigo 20º - Garantia

O Prestador de Serviços garante ao Comprador contra qualquer falta de conformidade dos Serviços e qualquer defeito latente resultante de um defeito na conceção ou fornecimento dos referidos Serviços, excluindo qualquer negligência ou culpa por parte do Comprador.
Em qualquer caso, se o Prestador de Serviços for considerado responsável, a garantia do Prestador de Serviços será limitada ao montante (excluindo IVA) pago pelo Comprador pelo fornecimento dos Serviços pelos quais o Prestador de Serviços é considerado responsável.

Artigo 21º - Transferibilidade e subcontratação

O Prestador de Serviços reserva-se o direito de transferir a totalidade ou parte da execução dos serviços para prestadores de serviços que cumpram os mesmos requisitos de qualificação.
Se o serviço exigir competências técnicas especiais, o Prestador de Serviços informará o Adquirente da possibilidade de subcontratar parte do serviço. O subcontratado actuará então sob a exclusiva responsabilidade do Prestador de Serviços e comprometer-se-á a manter confidencial toda a informação de que tenha conhecimento durante a execução dos serviços.

Artigo 22º - Queixas

Todas as reclamações, amigáveis ou judiciais, relacionadas com a execução dos serviços devem ser apresentadas no prazo de um ano após o termo do serviço.

Artigo 23º - Direito de retratação e de anulação

Uma vez que o Comprador é um profissional que compra no âmbito e para as necessidades da sua profissão, não é necessário aplicar o direito de rescisão previsto no Código do Consumidor francês.

Todas as ofertas do Prestador de Serviços não podem ser canceladas pelo Comprador e não são reembolsáveis, exceto nos casos específicos previstos nas presentes Condições Gerais, em que tal é possível.
Apenas o Fornecedor de Serviços pode rescindir um Contrato em qualquer altura se assim o decidir, caso em que o Fornecedor de Serviços reembolsará o Comprador numa base proporcional ao número de Influenciadores ou Criadores de Conteúdos em falta em relação ao período já pago pelo Comprador. (Fórmula de reembolso, o preço de um Influenciador ou de um Criador de Conteúdos é calculado em relação ao mínimo prometido ao Comprador através da sua subscrição, por exemplo: 4 Influenciadores ou Criadores de Conteúdos por mês para a oferta "Zonas de grande tráfego", subscrição a 290 euros (sem IVA) por mês durante um período de 12 meses, 290 dividido por 4 = 72,5 euros (sem IVA) por Influenciador ou Criador de Conteúdos).

Artigo 24º - Força maior

Qualquer circunstância alheia à vontade das partes, que impeça o cumprimento das suas obrigações em condições normais, é considerada como causa de exoneração das obrigações das partes e tem como consequência a sua suspensão.
A parte que invocar as circunstâncias acima referidas deve notificar imediatamente a outra parte da sua ocorrência, bem como do seu desaparecimento.
São considerados casos de força maior todos os factos ou circunstâncias irresistíveis, exteriores às partes, imprevisíveis, inevitáveis, fora do controlo das partes e que não possam ser evitados por estas últimas, apesar de todos os esforços razoavelmente possíveis. São expressamente considerados casos de força maior ou de caso fortuito, para além dos habitualmente aceites pela jurisprudência dos tribunais franceses: bloqueio dos meios de transporte ou de abastecimento, terramotos, incêndios, tempestades, inundações, raios, paragem das redes de telecomunicações ou dificuldades específicas das redes de telecomunicações exteriores aos Compradores.
As partes reunir-se-ão para analisar o impacto do acontecimento e acordar as condições em que a execução do Contrato continuará. Se o caso de força maior se prolongar por mais de três meses, as presentes Condições Gerais podem ser rescindidas pela parte lesada.

Artigo 25º - Não validação parcial

Se uma ou mais cláusulas das presentes Condições Gerais forem consideradas inválidas ou declaradas como tal em aplicação de uma lei, de um regulamento ou na sequência de uma decisão definitiva de um tribunal competente, as outras cláusulas manterão toda a sua força e alcance.

Artigo 26º - Não renúncia

O facto de uma das partes não tirar partido de uma violação pela outra parte de qualquer das obrigações referidas nas presentes condições gerais não deve ser interpretado, no futuro, como uma renúncia à obrigação em questão.

Artigo 27º - Título

Em caso de dificuldade de interpretação entre qualquer dos títulos que figuram no início das cláusulas e qualquer uma das cláusulas, os títulos serão declarados inexistentes.

Artigo 28º - Proteção dos dados pessoais

Dados recolhidos
Os dados pessoais recolhidos neste sítio Web são os seguintes:

cookies: os cookies são utilizados como parte da utilização do sítio Web. Os Utilizadores podem desativar os cookies através das definições do seu navegador e na parte inferior de cada página do Sítio Web, clicando em "Definições de cookies" e depois em "Recusar tudo".

‍Utilização dedados pessoais
Os dados pessoais recolhidos dos Utilizadores são utilizados para fornecer e melhorar os serviços do Sítio Web e para manter um ambiente seguro. Mais especificamente, são utilizados para os seguintes fins
- acesso e utilização do Website pelo Utilizador;
- gestão do funcionamento e otimização do Website;
- personalização dos serviços através da apresentação de anúncios com base no histórico de navegação do Utilizador, de acordo com as suas preferências;
- prevenção e deteção de fraudes, malware (software malicioso) e gestão de incidentes de segurança;
- gestão de eventuais litígios com os Utilizadores;
- envio de informações comerciais e publicitárias, de acordo com as preferências do Utilizador.

‍Partilha dedados pessoais com terceiros
Os dados pessoais podem ser partilhados com empresas terceiras nos seguintes casos:
- quando um Influenciador ou Criador de Conteúdo reserva um dos serviços oferecidos pelo Comprador;
- quando o Utilizador utiliza serviços de pagamento, para a implementação destes serviços, o Website está em relação com empresas bancárias e financeiras terceiras com as quais celebrou contratos;
- quando o Utilizador autoriza um website de terceiros a aceder aos seus dados;
- quando o Website utiliza os serviços de prestadores de serviços para fornecer assistência ao Utilizador, publicidade e serviços de pagamento. Estes prestadores de serviços têm um acesso limitado aos dados do Utilizador para a prestação destes serviços e são contratualmente obrigados a utilizá-los em conformidade com as disposições da regulamentação aplicável em matéria de proteção de dados pessoais;
- se exigido por lei, o Site pode transmitir dados para processar reivindicações contra o Site e para cumprir procedimentos administrativos e legais;
- se o Site estiver envolvido numa fusão, aquisição, transferência de activos ou administração judicial, o Site pode ser obrigado a transferir ou partilhar a totalidade ou parte dos seus activos, incluindo dados pessoais. Neste caso, os Utilizadores serão informados antes de quaisquer dados pessoais serem transferidos para um terceiro.


Segurança e confidencialidade
O Website implementa medidas de segurança digital organizacionais, técnicas, de software e físicas para proteger os dados pessoais contra alteração, destruição e acesso não autorizado. No entanto, deve notar-se que a Internet não é um ambiente completamente seguro e o Website não pode garantir a segurança da transmissão ou armazenamento de informações na Internet.

‍Implementação dosdireitos dos Utilizadores
Em conformidade com os regulamentos aplicáveis aos dados pessoais, os Utilizadores têm os direitos abaixo mencionados, que podem exercer fazendo o seu pedido para o seguinte endereço: contact@venuevisible.com
O direito de acesso: podem exercer o seu direito de acesso, para conhecer os dados pessoais que lhes dizem respeito. Neste caso, antes de exercer este direito, o Site pode solicitar uma prova da identidade do Utilizador para verificar a sua exatidão.
O direito de retificação: se os dados pessoais detidos pelo Site forem inexactos, pode solicitar a atualização da informação.
O direito à eliminação de dados: os Utilizadores podem solicitar a eliminação dos seus dados pessoais, de acordo com as leis de proteção de dados aplicáveis.
O direito à restrição do processamento: os Utilizadores podem solicitar ao Website que restrinja o processamento de dados pessoais de acordo com os pressupostos estabelecidos no RGPD.
O direito de oposição ao tratamento de dados: os Utilizadores podem opor-se a que os seus dados sejam tratados de acordo com as hipóteses previstas no RGPD.
O direito à portabilidade: podem solicitar que o Website lhes devolva os dados pessoais que lhes foram fornecidos para os transmitir a um novo website.

‍Evoluçãoda presente cláusula
O Website reserva-se o direito de, a qualquer momento, proceder a eventuais alterações à presente cláusula relativa à proteção de dados pessoais. Em caso de alteração da presente cláusula de proteção de dados pessoais, o Site compromete-se a publicar a nova versão no seu Site. O Site informará igualmente os Utilizadores da alteração por correio eletrónico, pelo menos 15 dias antes da data de entrada em vigor. Se o Utilizador não concordar com os termos da nova redação da cláusula de proteção de dados pessoais, pode apagar a sua conta. (De momento, não é possível criar uma conta neste Sítio Web).

Artigo 29º - Direito aplicável

As presentes Condições Gerais de Venda estão sujeitas à lei francesa. São redigidas em francês.
. No caso de serem traduzidas para uma ou várias línguas, apenas o texto francês fará fé em caso de litígio.
. As partes comprometem-se a procurar uma solução amigável para qualquer litígio que possa resultar da prestação de serviços. Se tal não for possível, as partes submeterão o litígio ao tribunal comercial competente.

Fechar pop-up de cookies
Preferências de cookies
Ao clicar em "Aceitar tudo", o utilizador concorda que os cookies podem ser armazenados no seu dispositivo para melhorar a navegação no sítio, analisar a utilização do sítio e ajudar os nossos esforços de marketing, tal como descrito na nossa política de privacidade.
Estritamente necessário (sempre ativo)
Cookies necessários para permitir a funcionalidade básica do sítio Web.
Estes cookies ajudam-nos a compreender o funcionamento deste sítio Web, a forma como os visitantes interagem com o sítio e se existem problemas técnicos.
Estes cookies são utilizados para apresentar publicidade que é mais relevante para o utilizador e para os seus interesses.
Estes cookies permitem que o sítio Web se lembre das escolhas que faz (como o seu nome de utilizador, língua ou região).